Como funcionam os antialérgicos

A alergia nada mais é do que uma resposta exagerada do nosso sistema imunológico após exposição a uma série de agentes e/ou substâncias. Isso acontece porque o sistema imunológico libera a substância química histamina, que proporciona dilatação e inchaço dos vasos. Existem pessoas com alergias a vários tipos de substâncias, que podem se manifestar de variadas formas, como espirro, coriza, congestionamento nasal, falta de ar, coceiras, lacrimação, edemas, entre outras. 

 

O que são os antialérgicos? 

Os antialérgicos, também conhecidos como anti-histamínicos, são fármacos que bloqueiam a substância que atua em processos alérgicos. Um anti-histamínico é um medicamento que busca inibir a ação da histamina. Este último é um mediador químico secretado pelo corpo, especialmente no caso de reações alérgicas. 

 

Quando o antialérgico é indicado?

Segundo a alergologia, os anti-histamínicos são indicados em todos os processos em que a histamina age, como:

  • Rinite alérgica.
  • Alergia.
  • Urticária.
  • Asma.
  • Anafilaxia.

Antes de procurar ajuda médica, muitas pessoas decidem tomar um antialérgico (seja via oral, nasal ou intravenosa) para tentar resolver o problema. No entanto, os anti-histamínicos apenas aliviam os sintomas das alergias, sem tratar sua causa. Embora alguns antialérgicos sejam vendidos livremente no Brasil, sem prescrição médica, é importante ressaltar que, como qualquer outro medicamento, é necessário usar com cautela. Por isso, sempre procure a orientação médica.

RECEBA NOVIDADES