Outubro Rosa: a luta contra o câncer de mama

O que é o câncer de mama?


O câncer de mama é um tumor maligno que se desenvolve na mama como consequência de alterações genéticas em algum conjunto de suas células, que passam a se dividir descontroladamente. A doença provoca o crescimento anormal das células mamárias, tanto do ducto mamário quanto dos glóbulos mamários. 


A luta contra o câncer de mama 


Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o câncer de mama causa aproximadamente 1,38 milhões de novos casos por ano, além de 458 mil mortes provocadas anualmente pela doença. É o tipo de câncer mais comum entre as mulheres no Brasil e no mundo, depois do câncer de pele não melanoma. O câncer de mama responde atualmente por cerca de 28% dos casos novos de câncer em mulheres. Tal doença também acomete os homens, porém em situações mais raras, o que representa menos de 1% do total de casos da doença, aponta o Ministério da Saúde. 
O câncer de mama é relativamente raro antes dos 35 anos. Acima desta idade, sua incidência cresce progressivamente, especialmente após os 50 anos. 


Quais são os sintomas do câncer de mama? 


O sintoma mais comum do câncer de mama é o aparecimento de nódulo na região da mama ou axila, geralmente indolor, duro e irregular. Por isso, a realização do autoexame é crucial. Outros sinais de câncer de mama são:

· Edema cutâneo (na pele), semelhante à casca de laranja; 

· Retração cutânea;  · Dor;  · Inversão do mamilo; 

· Hiperemia;  · Descamação ou ulceração do mamilo; 

· Secreção papilar, especialmente quando é unilateral e espontânea. 

Se sentir algum dos sintomas supracitados após a realização do autoexame, procure uma avaliação médica especializada para um diagnóstico preciso.

RECEBA NOVIDADES